Fique por dentro

Construtora Passarelli vence prêmio internacional por obra de saneamento com uso de método não destrutivo (MND)



Empresa do Grupo Passarelli é a primeira construtora da América Latina a vencer o “No Dig Annual Awards”, da The International Society For Trenchless Technology (ISTT), por obra realizada entre as praias de Copacabana e Ipanema, no Rio de Janeiro (RJ).

Construtora Passarelli, empresa do Grupo Passarelli que atua há mais de 80 anos no setor de construção civil, infraestrutura e saneamento, venceu a edição 2016 do renomado Prêmio Internacional “No Dig Annual Awards”, promovido pela The Internacional Society For Trenchless Technology (ISTT), entidade que reconhece e premia os principais projetos mundiais de construção civil que são realizados pelo Método Não Destrutivo (MND). Com a premiação, entregue no dia 11 de outubro, na cidade de Pequim, na China, a Passarelli consagrou-se como a primeira construtora da América Latina a receber este importante reconhecimento do setor, ao vencer uma concorrida disputa com mais de 40 projetos mundiais.
Os profissionais Vlamir Petrelli, Superintendente de Unidade da HBSP Shield, empresa do Grupo Passarelli e Luca Banfi Passarelli, Vice-Presidente do Conselho Consultivo da Construtora Passarelli estiveram presentes no evento, onde haviam representantes de mais de 28 países.

 A obra vencedora é de saneamento básico, uma linha de recalque projetada para ligar o sistema de bombeamento da Estação Elevatória André Azevedo, em Copacabana, até o Emissário Submarino de Ipanema. A linha é pressurizada com tubos de concreto de 59 polegadas, a 7,5 metros de profundidade, com comprimento de 915 metros, divididos em três trechos, sendo um deles com 675 metros.

Por causa do local densamente povoado, encravado numa importante via de ligação entre as duas praias, o uso do MND mostrou-se a única opção possível para a obra, que exigiu da Passarelli a superação de diversos obstáculos, como, por exemplo, a escavação de menos poços de serviço do que previamente planejado e o cuidado extremo com as enúmeras interferências de diversas concessionárias e linhas de energia já instaladas no subsolo do bairro.

 “É motivo de muito orgulho e satisfação recebermos este prêmio, principalmente por ter sido uma obra de grandes desafios técnicos, que, com muita competência, os profissionais da Passarelli conseguiram superar”, afirma Vlamir Petrelli, superintendente de unidade da HBSP Shield, empresa do Grupo Passarelli, que atuou na construção da linha de recalque utilizando-se do Shield, a máquina que escava os túneis sem a necessidade de uso de explosivos.

 “Este projeto é muito alinhado ao propósito da Passarelli, pois oferece excelência em soluções integradas e inovadoras de engenharia. Além disso, a tecnologia Shield garante o menor impacto possível nas áreas onde realiza suas obras e assegura um processo sustentável em cada uma delas”, afirma Hugo Passarelli Scott, presidente da Passarelli.